Sobre Cartão Reforma 💳

O Governo Federal disponibiliza aos cidadãos que precisam alguns programas sociais, responsáveis por oferecer benefícios importantes, e o Cartão Reforma é um deles. 

Com o objetivo de complementar o Minha Casa Minha Vida e o Minha Casa Melhor, sendo que o primeiro permite acesso à casa própria e o segundo libera créditos para a aquisição de itens eletroeletrônicos, o Cartão Reforma disponibiliza recursos para melhorar a casa das pessoas. 

Sabe aquela reforma tão sonhada? Então, esse programa pode torná-la possível, isso desde que a família tenha uma renda mensal de até R$ 2,8 mil.

O melhor de tudo é que o dinheiro cedido para a reforma não é um empréstimo. Ou seja, você pode utilizar a quantia liberada e não precisa devolver depois.

Sendo assim, pode-se dizer que o Cartão Reforma é uma maneira encontrada pelo governo de melhorar as condições de moradia de diversos brasileiros.

Afinal, existem locais, por exemplo, que correm sérios riscos se não forem reformados, colocando a vida das famílias em perigo. 

É exatamente por isso que o incentivo criado pelo ex Ministro das Cidades, Bruno Araújo, oferece uma quantidade de dinheiro para que as famílias mais necessitadas – ainda mais aquelas que vivem em lugares perigosos – reformem ou até mesmo reconstruam suas moradias. 

Ficou interessado e quer entender tudo sobre o Cartão Reforma? Então o que você precisa fazer é continuar a leitura deste conteúdo. 


💳 Como funciona o Cartão Reforma?

Em primeiro lugar, vale ressaltar que existe um sorteio para selecionar quais famílias terão acesso ao Cartão Reforma




Essa foi a forma que o governo encontrou de conseguir decidir quem se beneficiaria com o recurso, afinal são muitas pessoas interessadas e, infelizmente, não é possível atender todo mundo. 

Através do sorteio, portanto, quem for escolhido poderá gastar um valor que varia de R$ 2 mil a R$ 9 mil na reforma ou na reconstrução da casa – depois você entenderá de fato o que influencia o valor a ser liberado. 

O importante agora é ter em mente que o crédito é disponibilizado por meio de um cartão, bem parecido com um cartão de débito, aceito em alguns estabelecimentos que vendem materiais de construção ao longo do Brasil. 

Além disso, todo o dinheiro é colocado de uma só vez no cartão. Sendo assim, as famílias têm a possibilidade de comprar todos os materiais necessários juntos e na mesma loja a fim de conseguir algum desconto.

Ao fazer isso, mesmo que seja preciso desembolsar algum dinheiro próprio, o valor será menor. 

Com o objetivo de evitar fraudes, todos os cartões são rastreados, dessa forma nenhuma família consegue utilizar o dinheiro para comprar outros itens além dos materiais para a reforma.

Caso isso aconteça, o cartão será bloqueado automaticamente. 

🙋‍♂️🙋 Quem pode solicitar o Cartão Reforma?

Essa com certeza é a principal dúvida de muitas famílias, é a sua também? Pois então fique sabendo que o Cartão Reforma pode ser solicitado por famílias com renda mensal de até R$ 2,8 mil e que necessitam reformar suas casas. 

Outra coisa importante é que o valor disponibilizado não poderá ser utilizado para cobrir gastos com mão de obra e, além disso, residências alugadas ou construídas em locais de riscos não são aceitas. 

É importante mencionar ainda que famílias que possuem mulheres como responsáveis pela subsistência ou que têm entre seus dependentes portadores de necessidades especiais ou idosos, contam com uma preferência no momento da liberação dos recursos.

Porém, para isso é preciso apresentar documentos que comprovem tais situações. 

Confira logo a seguir quais são as principais regras do Cartão Reforma e descubra se você pode ou não solicitar o benefício. 

Regras do Cartão Reforma

 • A renda bruta mensal familiar não pode ultrapassar R$ 2,8 mil;
 •
Ser maior de 18 anos, possuir apenas um imóvel residencial e residir na casa que será reformada;
 •
A seleção dos beneficiários será realizada pelos estados e municípios, bem como a seleção dos estabelecimentos que farão a venda dos materiais de construção;
 •
Somente as lojas credenciadas pela Caixa – Construcard – poderão aceitar o Cartão Reforma durante a venda de materiais de construção;
 •
Visitas técnicas de engenheiros, arquitetos e outros especialistas podem ser organizadas pelos governos estaduais e municipais com o objetivo de analisar se a obra está sendo executada da forma correta e para evitar fraudes. 

💰 Qual o valor liberado pelo Cartão Reforma?

Antes foi explicado que o valor concedido para as famílias pode variar de R$ 2 mil até R$ 9 mil, certo? Todavia, qual é o valor liberado para cada caso?

Tudo dependerá diretamente do serviço que será executado – de qualquer forma o valor médio por família é de R$ 5 mil. 

Abaixo estão listados alguns exemplos de problemas que podem ser encontrados nas casas e os valores disponibilizados em cada situação: 

 • Não contar com uma solução adequada de esgotamento sanitário: até R$ 1.645,88;
 • Apresentar problemas na cobertura: até R$ 4.594,59;
 • Não ter banheiro para uso exclusivo da família: R$ 5.009,84;
 • Não possuir dormitórios suficientes (quando mais de três pessoas dormem no mesmo quarto): até R$ 8.048,18. 

Além disso, para conclusão de obras, como instalação elétrica e pintura, por exemplo, e para obras de acessibilidade, o valor concedido é de até R$ 7 mil. 

Como deu para perceber, portanto, tudo depende diretamente do tipo de serviço que precisa ser executado. 

Quem não pode participar do Cartão Reforma

Agora que você já sabe quem pode participar do Cartão Reforma, é hora de entender quais são as famílias que não têm acesso a esse benefício.

Mesmo cumprindo todas as regras que foram explicadas anteriormente, não terão acesso ao cartão: 

  • Imóveis que são alugados ou cedidos apenas por um momento;
  • Imóveis que estejam com conflito fundiário;
  • Imóveis que são utilizados somente para fins comerciais;
  • Imóveis construídos em locais de risco ou não regulamentados.

Onde usar o Cartão Reforma

Como já mencionado, o Cartão Reforma pode ser utilizado apenas para a compra de materiais de construção. No entanto, não são todos os estabelecimentos que podem aceitar esse cartão.

Apenas as lojas credenciadas na Caixa, e que utilizam o sistema de pagamento do Construcard, estão liberadas para compras com o Cartão Reforma

Portanto, antes de pesquisar preços é preciso saber exatamente quais são essas lojas. Caso contrário, existe a chance de não ser possível utilizar o cartão. 

Para saber quais são as lojas que aceitam o cartão basta clicar no seguinte link.

Serviços permitidos na reforma

Além de conhecer as lojas, você precisa saber também que os serviços permitidos na reforma são: construção de um novo dormitório ou do primeiro banheiro, reforma do telhado, solução de problemas na rede de esgoto, finalização de obras, instalação de rede elétrica e serviços de acessibilidade. 

Tudo isso é explicado detalhadamente nas regras do programa, por isso é importante prestar bastante atenção antes de solicitar o benefício. 

Como fazer cadastro no Cartão Reforma

Ficou interessado no benefício e se enquadra em todos os requisitos do Cartão Reforma mencionados ao longo deste conteúdo?

Então para fazer o seu cadastro e participar do sorteio é necessário ir até a Prefeitura da sua cidade. 

Ao contrário do que muitas pessoas pensam, a Caixa não atende as famílias interessadas no Cartão Reforma. Sendo assim, vá diretamente até a Prefeitura para não perder tempo. 

📃 Documentos necessários para fazer o Cartão Reforma

Apenas não se esqueça de que ao ir à Prefeitura é necessário ter em mãos alguns documentos importantes. Sem eles, você não conseguirá realizar o cadastro no Cartão Reforma

Os documentos solicitados são: RG ou CNH, CPF, Número de Identificação Social (NIS), comprovante de estado civil (casamento, declaração de união estável, nascimento,

óbito ou separação), comprovante de residência do imóvel a ser cadastrado, comprovante de renda e comprovante de cadastro no CADÚNICO, se houver. 

Além de todos esses documentos, é preciso também ter em mãos uma documentação que comprove a propriedade ou a posse do imóvel. 

Feito isso, é só aguardar para saber se a sua família se enquadra realmente nos requisitos e para ver se ela será ou não sorteada. 

É possível utilizar o Cartão Reforma em habitações rurais?

É importante deixar claro que famílias residentes em habitações rurais também possuem direito aos créditos oferecidos pelo Cartão Reforma.

O Governo Federal até estipulou que essa categoria em específico receberá 20% de todos os recursos destinados ao programa.

Em relação ao cadastro e às regras para participar, não existe nenhuma diferença. Todos os procedimentos mencionados acima devem ser seguidos pelas famílias que vivem em habitações rurais. 


Vale a pena fazer o Cartão Reforma?

Para finalizar, portanto, o objetivo do Cartão Reforma é realmente ajudar aquelas famílias que precisam de um lugar melhor para viver.

Além de melhorar a qualidade de vida, o programa também faz com que muitas pessoas deixem de viver com riscos. 

Afinal, já imaginou morar em uma casa sabendo que o teto pode desabar a qualquer momento ou sem instalação elétrica?

É algo muito complicado. Se você passa por isso ou por qualquer outra situação que foi mencionada ao longo do conteúdo, não deixe de realizar o cadastro no Cartão Reforma

Não se esqueça de que você não precisará pagar posteriormente ao governo o valor concedido, certo? Isso porque o programa não é um empréstimo!

Sendo assim, é de fato muito vantajoso e vale a pena participar do sorteio para receber os recursos do Cartão Reforma. 


MAIS SOBRE CARTÃO REFORMA:

Preciso pagar o Cartão Reforma?
Qual o valor pago pelo Cartão Reforma
Quem tem Bolsa Família tem direito ao Cartão Reforma?
Quem tem direito ao Cartão Reforma
Onde usar o Cartão Reforma
Como fazer o Cartão Reforma
Conheça o Cartão Reforma
Perguntas e Respostas sobre o Cartão Reforma