Consumidores com mais de 50 anos impulsionam compras online

Por

Brasileiros com mais de 50 anos estão cada vez mais propensos a comprar produtos online. De acordo com a pesquisa “Diversa Idade” realizada pela Globo, 92% das pessoas nessa faixa etária acessam a internet e sete em cada dez realizam compras por canais digitais pelo menos uma vez ao mês.

Os entrevistados apontam que os preços melhores, prazos de entrega mais convenientes, maior comodidade e a possibilidade de ler as opiniões de outros compradores sobre os produtos são algumas das principais vantagens de adquirir itens online.

Além disso, a pesquisa revelou que sete em cada dez brasileiros acima de 50 anos não conseguem mais imaginar suas vidas desconectadas, utilizando a internet para se comunicar com amigos e familiares, bem como para realizar pesquisas diversas.

Especialistas do Sebrae destacam que a chamada “economia prateada”, voltada para a população acima de 50 anos, representa um mercado em crescimento que pode ser explorado pelos pequenos negócios, especialmente em plataformas online.

Essa parcela da população possui características fisiológicas e sociais específicas, como deficiências físicas e cognitivas, mas também autonomia, poder aquisitivo e outras particularidades. Por isso, é essencial que os lojistas e prestadores de serviços ofereçam um atendimento diferenciado a esse público, que vai muito além do consumo ligado à saúde.

Enviar pelo WhatsApp compartilhe no WhatsApp

Flávio Barros, analista de competitividade do Sebrae, ressalta a importância de oferecer um atendimento adaptado a esse perfil de consumidor maduro. O Sebrae desenvolveu um estudo que identifica as oportunidades e tendências de mercado para essa faixa etária, destacando setores como segurança, turismo, saúde física e mental, cultura, mobilidade e relacionamento como os mais promissores para os próximos anos.

No ambiente digital, onde os idosos estão cada vez mais presentes, é fundamental investir em sites com navegação fácil e intuitiva. Por outro lado, a pesquisa Pulso dos Pequenos Negócios do Sebrae indica que 3 em cada 4 pequenas empresas do país estão utilizando a internet, aplicativos de mensagens e redes sociais para realizar negócios, evidenciando a necessidade de adaptação das empresas a esse novo modelo de consumo digital.

Para auxiliar os empreendedores nessa transição, o Sebrae oferece uma variedade de conteúdos e consultorias, incluindo soluções como o Sebraetec e o programa UP Digital, que fornecem mentoria para aqueles que desejam ampliar sua presença digital.

📂 Dinheiro